julho 31

Mensagens

A Cura da Mulher

No livro de Marcos capitulo 5 do versículo 25 em diante nos consta sobre a mulher do fluxo de sangue.
Se perguntássemos quantos já ouviram sobre esta passagem, responderiam, várias vezes. Se perguntássemos aos pregadores da Palavra quantas vezes abordaram este assunto, diriam algumas vez.
Mas, o que queremos levar em consideração, não é quantidade de vezes que ouvimos ou pregamos, mas sim, cada vez que ouvimos ou pregamos algo novo é acrescentado, pois a Palavra de Deus se renova dia após dia. É certo que muitas palavras foram e muitas ainda serão repetidas, mas com certeza haverá uma que vai impactar nosso coração, despertar a nossa fé e nos motivar a buscar a nossa vitória.
Notemos que o autor não dá um nome a esta mulher, tampouco menciona sua vida familiar se era casada, se tinha filhos ou se era viúva, mas dá ênfase a alguns pontos importantes para nossa meditação.
Logo após a omissão do nome, ele menciona um período prolongado de tempo que ela ficou aguardando pela cura, pela libertação. E durante este período, passou por momento de humilhação, constrangimento e decepções. E se não bastasse tudo isso, ainda estava debaixo do jugo da lei que lhe excluía no meio da sociedade e pesava sobre ele a vergonha de ser considerada uma pessoa imunda. Doze anos sofrendo, padecendo até o dia que teve um encontro com Jesus.
Eu não sei quanto tempo você está passando por lutas e dificuldades, pode até ser que devido a isso, você também está sendo humilhado, decepcionado e frustrado, mas se tiver colocando esta situação aos pés de Cristo, pode ser certeza que ele já te ouviu e a benção já foi ordenada em teu favor.
No versículo 26, relata o autor que ela gastou tudo quanto dia. Ela tinha um sonho, e estava focado nele, não pensou se iria passar por necessidades ou privações, se teria para o amanhã, mas tinha certeza que todo investimento que fizesse compensaria a realização deste sonho.
Todos nós temos um sonho. Sonhamos com a casa própria, carro novo, um trabalho, com a saúde nossa e de nossa família, conforto e muito mais. Mas, temos por objetivo alcançar este sonho, estamos focado nele? Qual o investimento que temos feito para alcança-lo? Investimos nosso tempo em oração, na leitura da Palavra? Buscamos andar comprometidos com Deus, procurando ajudar nos projetos da organização onde estamos?
O livro de Mateus 6:33 nos dá uma receita infalível para realização de sonhos “Mas buscai primeiramente o reino de Deus e as demais coisas serão acrescentadas”, quais são as demais coisas? Nossos sonhos, pois quando buscamos o reino de Deus em oração, Deus supre as nossas necessidades.
A Palavra nos diz que o Reino de Deus deve ser tomado pela força Mateus 11:12, não pela força física mas podemos dizer que pela força de vontade de vencer, de alcançar de realizar sonhos. Quantos desistem no caminho, abandonam sua fé, sua crença, desanimam porque não tem força de vontade de vencer, cansam de esperar, ouvem a voz do fracasso e se desviam de seus objetivos.
No versículo 27 diz que ouvindo falar de Jesus. Alguém pode me dizer o que falaram para ela? Alguém pode me dizer o que contaram para ela que despertou no coração o desejo de se expor publicamente, quebrando regras e desobedecendo leis. Eu não sei o disseram para ela, mas eu sei o que dizer para você sobre Jesus: ele é o mesmo de ontem, hoje e eternamente hebreus 13:8, é Ele que transforma vidas, curas enfermidades, o Senhor e Salvador da humanidade.
Entre ela e Jesus havia uma distância a ser percorrida, uma multidão de pessoas que estavam entre eles, mas que foram vencidas pela força de vontade de alcançar seu objetivo. Pois sabia que valeria se expor, pois se fosse descoberta pagaria um alto preço. Mas lá estava quem iria devolver a dignidade, a saúde a vida para ela.
Quantas vezes diante das lutas e problemas que enfrentamos deixamos de olhar para Jesus e desistimos de prosseguir e deixamos nossos sonhos serem frustrados. Não permita que seus sonhos se tornem apenas lembranças em sua vida. 
Quanto ela chega próxima de Jesus é impedida de falar com Ele, contar o seu problema. Estava tão pertinho dele, ao lado dEle, mas estava doente, necessitada.
Isso nos leva a refletir que estar perto de Jesus, ao lado dEle não garante que seremos abençoados. Leia Hebreus 11:6 – Sem fé é impossível agradar a Deus, pois é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe.
Temos que nos aproximar de Deus, crendo que os problemas já foram resolvidos, as lutas já foram ganhas que a cura já aconteceu e que nossas orações já foram respondidas.
A demonstração de fé dela não foi suficiente para a cura, mas o que ela fez, isso sim tocou o coração de Jesus. Se somente colocar minha mão em suas vestes. Não havia lugar para ela se aproximar, mas os pequenos espaços entre as pessoas foi suficiente para alcançar quem iria mudar sua vida.
Nos muitas vezes perdemos grandes coisas que Deus tem preparado para nós, porque não aproveitamos as pequenas oportunidades que Ele nos dá.
Aprendemos aqui nesta passagem que a atitude, ousadia e determinação podem nos alavancar para uma grande vitória.

Deus te abençoe!
Pastor Artur Balzer

****************************************************************************************************

O cego Bartimeu

A passagem do livro de Marcos 10: 46 nos relata sobre o Cego Bartimeu da seguinte forma: E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.
E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.  E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama. E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista. E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.

Se nos resumíssemos esta passagem de uma forma simples, diríamos assim: Havia um homem cego que foi até Jesus e recebeu a cura.

Mas, entre o início e o fim desta passagem, há um meio e neste meio houve alguns acontecimentos que antecederam o milagre.
A atitude de Bartimeu, a reação do povo e a pergunta de Jesus. Também esta passagem nos ensina que por mais difícil que seja a situação que enfrentamos, devemos lembrar que para Deus não há impossível e que o clamor que fazemos em oração tocamos no coração de Jesus.

Conforme o texto nos relata, Bartimeu estava sentado à beira do caminho esperando que alguém passasse para lhe dar uma esmola, alguém que se compadecesse dele e suprisse a sua necessidade. Quem está à beira do caminho, está estagnado, parado, sem ter por objetivo chegar a algum lugar. Ao contrário de quem está no caminho, está em movimento e quer chegar a algum lugar.

Quando ele houve o alvoroço da multidão se aproximando, deve ter pensado nas esmolas que receberia e deve ter perguntado o que seria todo aquele barulho se aproximando. Então disseram: é Jesus quem está vindo. Jesus? Quem é Jesus deve ter perguntado. E eu pergunto quem é Jesus para você? Será que o tem como Senhor e Salvador de sua vida? Ou apenas para suprir as suas necessidades físicas, financeiras e materiais.

Quando dizem que Jesus esta curando os enfermos, Bartimeu tem a oportunidade de que tanto esperava, de poder enxergar. Então começa a gritar, clamar: Jesus filho de Davi tem misericórdia de mim. Seus gritos se tornaram um clamor ao ponto de mandarem ele se calar, ficar quieto, mas mesmo assim clamava com mais intensidade: Jesus filho de Davi, tem misericórdia de mim, não podia perder a oportunidade de ter uma vida transformada, renovada.

Será que hoje estamos clamando a Jesus pelas suas misericórdias, ou estamos sendo calado pela modernidade dos tempos atuais, será que as redes sociais tem nos calado e nossas orações deixaram de ser ouvidas pelo Senhor. Clamamos para que portas sejam abertas, pela nossa família, pela transformação de vidas, pedimos que Deus esteja sempre presente nos protegendo, abençoando, e confirmando as promessas sobre nós, ou o mundo nos fez ficar quietos?

Mas o clamor de Bartimeu, tocou o coração de Jesus, que mandou chama-lo. Alegre-se, Ele manda te chamar disseram: de imediato, colocou-se em pé lançou sua capa fora e foi ter com Jesus.

Sua capa era o único recurso que tinha para sua proteção do frio, da chuva, do sol, mas ele não se importou com isso, pois tinha certeza que o encontro com Jesus mudaria sua vida, seria transformado pelo poder, haveria uma novidade de vida a partir do momento que estivesse com Jesus.

Qual é a capa que precisamos lançar fora para termos um real encontro com Deus? Será a tradição, costume ou a religião? Precisamos tomar medidas drásticas para sermos transformados por Cristo. Essa capa talvez seja uma decisão a ser tomada, deixar de lado os vícios, enquanto não lançarmos a capa que nos prende a este mundo, não seremos abençoados por Deus.

Jesus olha para Bartimeu e vê uma pessoa que precisa ser curada, que quer enxergar para ter uma vida normal e faz a seguinte pergunta: Que queres que te faça? Mesmo sabendo que ele era cego.

Bartimeu poderia pedir muitas coisas naquela hora, pedir para que o povo lhe desse esmolas, um pedaço de pão, ou até mesmo uma capa nova, mas ele disse, Senhor que eu veja.

Se Jesus perguntasse agora para nós, assim como fez com Bartimeu, qual seria a nossa resposta?

Após ser curado, o texto encerra assim: e seguia Jesus pelo caminho. Quem nós estamos seguindo pelo caminho? Jesus disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai a não ser por mim.

 

******************************************************************************************

Atleta

Tivemos recentemente um grande evento realizado no Brasil, mais precisamente na cidade do Rio de Janeiro, onde os olhos do mundo estiveram voltados. Através dos veículos de comunicação, ficamos sabendo mesmo que parcialmente o que lá ocorreu. A grande estrutura para tal realização, a multidão de pessoas que se movimentaram para que tudo ocorresse bem. Por outro lado, milhares de pessoas deixando seus países de origem para participarem deste evento chamado de olimpíadas. Delegações enormes formada por profissionais, trazendo consigo seus equipamentos e instrumentos e enfim aqueles que foram à atenção de todos e principalmente das câmeras e repórteres; os atletas. atleta
Você poderá estar se perguntando o que temos nós a ver com Olimpíadas e atletas, em partes absolutamente nada, porém podemos tirar algumas lições que devem fazer parte de nossa vida cristã e colocadas em prática diariamente.
O atleta tem um sonho, o sonho de ocupar o lugar mais alto do pódio, de mostrar pendurada no peito à medalha, o sonho de sua conquista.
Nós como cristão, temos os nossos sonhos, de ter uma vida saudável, de paz, de tranquilidade, sonhamos com uma família estruturada, amparada, a restauração do casamento, sonhamos em ter a casa própria, o carro do ano e muito mais.
O atleta é perseverante, sabe que suas chances são mínimas, mesmo em não conseguindo chegar entre os primeiros, não desiste, mais vai aproveitar todas as oportunidades que lhe forem dadas. Não se sente derrotado, fracassado, pois sabe que o fracassado não aquele não ganha a competição, mais aquele que desiste, abandona, recua, desanima, que deixa de sonhar e perde a esperança.
Quantos cristãos conhecemos, por não terem recebido a bênção a que vieram buscar, desistiram, perderam a esperança. Não foram perseverantes e abandonaram a fé. Em Jeremias 29:11 – Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro.
O Atleta para qualquer competição ele se prepara, renuncia seus prazeres, não mede esforços, pois corre atrás de um sonho e não pode vacilar em momento algum. Sua dedicação é essencial para conseguir atingir seus objetivos e para isso seus esforços são fundamentais.
O cristão acha que não precisa tanto assim para receber o milagre tão esperado, mas Cristo nos ensina na palavra que devemos buscar primeiramente o Reino de Deus e a sua justiça, para que as demais coisa seja acrescentadas. “…o reino dos céus é tomado à força, e pela força se apoderam dele (Mateus 11.12). A expressão “pela força” dá a ideia de perseverança, determinação e ousadia. Jesus quer um povo ousado e resoluto, pois a vitória conquistada na cruz é nossa também.
O atleta é obediente, segue a orientação do técnico, e dá ouvida a voz do seu treinador, seguindo todas as instruções recebidas. Mesmo quando está concentrado, seus ouvidos estão atentos a orientação procurando fazer aquilo que em que foi ensinado, treinado e educado.
Alguns cristãos tem o defeito de não querer ouvir, acham que já sabem tudo, não precisam dar ouvidos a outros e preferem andar pelos seus próprios ensinamentos. Em Isaías 30:21 -Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz nas suas costas dirá a você: “Este é o caminho; siga-o”.

***************************************************************************************************

Posicionamento
A mensagem nos levará a uma reflexão sobre qual o nosso posicionamento diante de tudo o que temos visto e ouvido. E para isso vamos nos utilizar de um recurso incomparável e inigualável que é a Palavra de Deus. Quando fechada é apenas um livros qualquer, mas, quando aberto é Deus falando com o seu povo. Porque aqui encontramos respostas para as nossas orações, soluções para os nossos problemas, orientações para as nossas decisões, cura para as nossas enfermidades físicas e espirituais e suprimento para todas as nossas necessidades. Há porém, aqueles que quando não encontram uma saída para os seus problemas, jogam a responsabilidade sobre Deus, entram na sua zona de conforto e se acomodam dizendo: Deus quer assim, ou seja o que Deus quiser. Em primeiro lugar, Deus não quer assim coisa nenhuma, e em segundo lugar se fosse como Deus quer, enfrentariam tal situação com a certeza da vitória, pois Deus só quer o bem estar de seu povo. Outros culpam Deus pelos seus fracassos, se escondem por trás do escudo da frustração e empunham seus argumentos lançando sobre Deus suas desculpas, tais como: tem feito propósitos, participa de campanhas, contribuem com ofertas e até dizimistas são, para estes Deus tem uma palavra direcionada em Isaías 43:26 – Faze-me lembrar; entremos juntos em juízo; conta tu as tuas razões, para que te possas justificar. Ficarão a eternidade toda tentando encontrar um único motivo, mas não encontrarão, sabe porque? o problema não esta lá em Deus, de lá só vem bênção, só vem coisa boa, e promessas que são cumpridas na vida daquele que anda em sinceridade e no comprometimento com Ele. Aqui destaco uma para todos nós em Isaías 1:19 – Se quiseres e me ouvires, comereis o melhor desta terra. Comer o melhor desta terra significa uma vida regada de bênção, com prosperidade, unção, segurança, onde a paz de Cristo reina e a alegria do Espírito Santo enche os corações de alegria. A família é amparada pelo Senhor e o trabalho prospera. Mas, para querer uma vida assim, é preciso observar algo que passa despercebido que é o ouvir. Ouvir o que a Palavra de Deus nos diz, ouvir o que sai deste livro sagrado, pois se não está registrado não é Deus falando com seu povo. Não basta querer, precisamos ouvir a voz do Senhor e isso requer de cada um de nós fé, que Jesus comparou a ser do tamanho de um grão de mostarda.
Não adianta pedir para Deus aumentar sua fé, essa oração Deus jamais irá realizar, pois a fé vem pelo ouvir e ouvir da Palavra de Deus.Quantos já ouviram falar que você é mais do que vencedor? – você acreditou? pois bem, você ouviu e pela fé tomou posse pois isso vem da Palavra de Deus – Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Romanos 8:37
Mas, antes de sermos declarados mais que vencedores, vamos analisar o que Deus nos diz no primeiro livro da bíblia, o começo de tudo. Após criar todas as coisas e achar bom, disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. Gênesis 1:26
Entendemos aqui que Deus nos fez para sermos dominadores, aquele que domina; que detém o poder, a autoridade mas, infelizmente muitos destes dominadores estão sendo dominados pelo pecado, sufocados pelas tentações e enfraquecidos pelos vícios. O pecado nada mais é que ceder as tentações. Jesus foi tentado no deserto, mas não pecou, e nos mostrou como podemos vencer as tentações na oração do Pai Nosso, não nos deixe cair em tentação. Para isso, ao sermos tentados precisamos buscar forças em Deus através da oração, da busca e da entrega total no Senhor. Para vencermos os vícios reconhecer que somente em Jesus, pois Ele diz em João 8:32 – se o filho vos libertar, verdadeiramente series livres. Nenhum vício por mais forte que seja, supera o poder de Deus na vida de quem crê. Fomos colocados por Deus como cabeça, que é sinal de autoridade e não por cauda para sermos humilhados e zombados por causa de nossa fé.
Resultado de imagem para sansão

Temos um exemplo em Juízes 16. Sansão aquele que foi colocado por Deus para ser um juiz, libertador, autoridade e dominador, mas cedeu a tentação e caiu no pecado sendo zombado, humilhado, acorrentado e viveu um período de sua vida como escravo. Jesus nos deu poder e autoridade, e no seu ministério terreno, ensinou, advertiu e deu o exemplo. Os cegos enxergaram, paralíticos andaram, surdos ouviram e até mesmo mortos ressuscitaram. O próprio Cristo afirmou: farão as mesmas obras que Eu faço e farão maiores do que estas. Você poderá dizer que a luta tem sido muito grande em sua vida, que está enfrentando um grande deserto. Não esqueça foi no deserto que Deus tirou água da rocha, foi no deserto que Deus alimentou o povo com o maná e no deserto Deus se revelou ao povo visivelmente em forma de nuvem e coluna de fogo. É no deserto de tua vida que Deus vai te conceder a vitória. Qual é o teu posicionamento?

 

**************************************************************************************************

Nossas Reações
“Toda ação provoca uma reação de igual intensidade, mesma direção e em sentido contrário”. Cientificamente comprovada esta é a Terceira lei de Newton.
É importante sabermos como reagirmos a uma ação sem que isso desperte sentimentos ocultos existentes dentro de nós que, aflorando trazem mágoas, dores e sofrimento.
A existência destes sentimentos é comum e nada alarmante. Perigoso é a permissão para que eles sejam expostos. Frustrações, raiva, ressentimentos são comuns quando reagimos a uma ação que gerou em nós desconfortnullo. 

Um exemplo: Ao acordar um pouco mais tarde você fica com medo de perder a hora e seu filho lhe pede para comprar uma caneta na papelaria antes de levá-lo à escola.
Você consente e diz que se apressem. Sua esposa lhe pede para segurar por um instante o bebe enquanto ela prepara a mamadeira, a criança vomita em sua camisa.
Você irritado grita com sua esposa dizendo que ela é culpada. A partir deste momento o ambiente se transforma totalmente.
Quando sai de casa com a desculpa que já está atrasado não para na papelaria.
Seu filho carrancudo sequer se despede de você ao chegar à escola. No caminho para o trabalho envolvesse em uma discussão de transito por um motivo banal.
Chega cansado, mal humorado e atrasado ao trabalho. Por quê? Por causa da reação errada a uma ação perfeitamente natural. Afinal, as crianças vomitam…
Muitos dissabores e infortúnios em nosso viver diário poderiam ser evitados se, nossas reações não fossem regidas pelo nosso “eu” e passassem a ser espirituais.
Por quê? Porque o “eu” sempre está esperando uma ocasião qualquer para expor sua natureza.
“Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz”. Rm. 8:6.

 

**************************************************************************************************
Conversando com Deus
Senhor meu Deus, cujo amor por mim é incomensurável.
Tu que habitas a imensidão do universo,
Autor, salvador e protetor da minha vida.
Reverenciado e adorado seja o teu nome entre as nações,
Porque tu és santo, santo, santo… null
Que eu possa experimentar em vida,
As maravilhas do reino em que habitas,
Para que o amor, justiça, paz, alegria, bondade, misericórdias…
Se façam presentes nos lugares onde habito.
Quero desfrutar dos teus desígnios.
Eu, e todos os meus queridos e amados,
Seja em minha casa como em tua casa.
Porque maravilhas tu tens reservado para nós.
Que a cada novo dia eu possa suprir as minhas necessidades,
Sejam elas físicas espirituais ou materiais.Humildemente, peço que apagues para sempre da lembrança,
As inúmeras vezes que te entristeci.
Ensina-me a extinguir da minha memória,
Todos os desgostos pelas afrontas que recebo e já recebi.
Assentes uma muralha intransponível,
Para quando a iniquidade me chamar,
Eu não possa transpô-la para ir ao encontro dela.
E teus servos amados sejam por ti requisitados para a minha segurança.
Sei que para o Senhor meu Deus nada há que seja impossível,
Porque formaste e criaste todas as coisas
E, elas todas te pertencem.

=======================================================================================================
Festa da Dedicação
“E em Jerusalém havia a festa da dedicação, e era inverno”. João 10:22.
Festa da dedicação é a comemoração dos israelitas pela retomada de Jerusalém das mãos do governo grego assírio,
que tinham a intenção de apagar a memória judaica do povo judeu.
Para isso eles proibiram o ensino da Torah (leis judaicas), incluindo os seus cultos.null
Deus levantou um pequeno grupo de judeus que declararam guerra contra Antioco (Comandante do governo Grego Assírio).
E este pequeno grupo de dissidentes judeus comandados por Judas Macabeu conseguiu com a ajuda de Deus vencer a luta e expulsar os exércitos inimigos.
Houve uma grande limpeza no templo. Eles retiraram tudo o que era impuro e consagraram o templo novamente para Deus.
Como os soldados só acharam óleo para acender o candelabro durante um dia, Deus multiplicou o óleo puro de oliva usado para deixá-lo aceso por oito dias.
Desde então, em lembrança se comemora a multiplicação do azeite e a vitória dos macabeus sobre os Gregos Assírios.
“E no dia oitavo realizaram uma assembleia solene; porque sete dias celebraram a consagração do altar, e sete dias a festa”. II Cr. 7:9.
Também nós nos tornamos impuros e tivemos que ser libertos pela obra realizada por Jesus em nosso favor.
Porém, precisamos estar atentos para impedir que a impureza venha e se instale em nosso coração.

=============================================================================================================